Cirurgia de Pterígeo

O pterígio é uma degeneração da conjuntiva (mucosa que recobre a parte branca do olho) e pode crescer lentamente ao longo da vida. Pode se apresentar como uma lesão pequena ou que pode até mesmo distorcer a topografia da córnea e em casos avançados ocluir o eixo visual interferindo na acuidade e qualidade visuais.

Ocorre, geralmente, em pessoas que passam muito tempo ao ar livre, expostas ao vento e ao sol (exposição prolongada à luz ultravioleta - luz do sol sem óculos de sol) e pode afetar um ou ambos os olhos. Acomete pessoas em todas as idades e seu início é mais comum entre os 20 e os 40 anos.

O pterígio não é, normalmente, um problema grave. Pode, no entanto, provocar sintomatologia e sinais bastante desagradáveis. Em determinadas circunstâncias o pterígio pode não apresentar sintomas. Os sintomas mais comuns são sensação de areia no olho, coceira, sensação de ardor e visão turva. A vermelhidão pode ser um sinal frequente trazendo desconforto estético.

O pterígio que se apresenta sem sintomas deve ser acompanhado de perto pelo oftalmologista semestralmente para avaliar se há crescimento com risco de piora da visão.

Quando o pterígio leva à piora da visão, sintomas constantes que não melhoram com o tratamento clínico (colírios lubrificantes) ou quando a vermelhidão também é constante e interferem na estética o tratamento cirúrgico pode ser realizado.

A cirurgia é realizada sob anestesia local  e dura entre 15 a 30 minutos. Após a remoção do pterígio realiza-se o auto-transplante conjuntival que diminui em muito o risco de sua recidiva. A remoção do auto-transplante de conjuntiva não implica em nenhum risco. Utilizamos também a cola biológica para a realização do auto-transplante conjuntival que tem o grande benefício de não se utilizar as suturas que aumentam a inflamação e o desconforto no pós-operatório imediato trazendo uma recuperação mais rápida ao paciente.

O tempo de recuperação e repouso é curto e o retorno ao trabalho ou atividades normais pode ser feito após alguns dias da cirurgia, principalmente quando a cola biológica é utilizada.

 

#COMPARTILHE nossas publicações

Navegue por mais Procedimentos.